Reportagem: Vidas Seguras

25 abril 2012

Há 20 anos que o Conselho Português para os Refugiados, CPR, representa o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados em Portugal.

O centro de acolhimento do CPR, nos arredores de Lisboa, recebe hoje cerca de 70 refugiados, mas ao todo são quase duas centenas de pessoas que precisam dos cuidados deste organismo.

Para muitos, o Centro Português para os Refugiados representa a tábua de salvação.

O João Rosário conheceu as histórias de duas dessas vidas: Abdul , da Mauritânia, e Adelina Omeri, da Albânia.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud