Ban condena ataques coordenados que mataram 50 no Afeganistão
BR

16 abril 2012

Atentados atingiram a sede da Otan, em Cabul, e várias embaixadas; Missão da ONU no país emitiu nota pedindo mais proteção a civis.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou uma série de ataques coordenados, ocorridos neste domingo e nesta segunda-feira, no Afeganistão. De acordo com agências de notícias, pelo menos 50 pessoas morreram  nos confrontos entre forças de segurança e insurgentes.

As explosões de domingo na capital, Cabul, atingiram ainda prédios do governo e embaixadas, além do quartel-general da Organização do Tratado do Atlântico Norte, Otan.

Milícias

Outras cidades também foram atacadas. Segundo agências de notícias, o grupo Talebã teria assumido a autoria dos atentados.

Ban Ki-moon disse notar o esforço das forças de segurança nacional do país em responder aos eventos e apelou às partes em conflito que usem os meios possíveis para proteger os civis.

Em nota, emitida nesta segunda-feira, a Missão de Assistência das Nações Unidas no Afeganistão, Unama, afirmou que os responsáveis tinham mostrado “desprezo pela vida humana” ao realizar os ataques em áreas densamente povoadas.

A Unama pediu a todas as partes envolvidas no conflito no Afeganistão, para fazerem da proteção aos civis sua prioridade máxima.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud