Monitores começaram a acompanhar cessar-fogo na Síria nesta segunda
BR

16 abril 2012

Segundo agências de notícias, seis observadores militares da ONU chegaram ao país no domingo, um dia após autorização do envio da missão pelo Conselho Segurança; grupo deverá ter total de 30 monitores desarmados.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A primeira leva de monitores das Nações Unidas, para acompanhar a implementação do cessar-fogo na Síria, iniciou seus trabalhos nesta segunda-feira. O grupo de seis observadores militares desembarcou em Damasco, no domingo, um dia após o Conselho de Segurança autorizar o envio da missão.

Pelo menos 9 mil pessoas já morreram na Síria desde o início dos confrontos entre tropas do governo e opositores do presidente Bashar al-Assad, em março de 2011.

Dois Lados

Na semana passada, um cessar-fogo entrou em vigor, mas os dois lados do conflito denunciaram atos de violência.

A presença dos monitores foi um pedido do enviado especial das Nações Unidas e da Liga Árabe à Síria, Kofi Annan, que pretende ter mais de 200 homens no terreno.

Annan apresentou um plano de paz, inicialmente aceito pela Síria, que prevê o fim imediato da violência e passagem de ajuda humanitária.

Forças Externas

O governo sírio disse que se reserva o direito de responder a ataques do que chamou de terroristas e forças externas a integrantes do governo.

A resolução do Conselho de Segurança, autorizando o envio dos monitores, foi aprovada, por unanimidade no órgão, durante sessão especial no sábado, e também depois de mudanças propostas pela Rússia. O país, ao lado da China, já havia vetado dois esboços de resolução sobre a violência na Síria, anteriormente.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud