Annan: tanques permanecem nas ruas da Síria no segundo dia de cessar-fogo
BR

13 abril 2012

Enviado especial da ONU e da Liga Árabe pediu ao Conselho de Segurança o envio de uma missão inicial de observadores para monitorar a situação no país.

Camilo Malheiros Freire, da Rádio ONU em Nova York.*

O enviado especial da ONU e da Liga Árabe à Síria, Kofi Annan, informou nesta sexta-feira que armamentos pesados permanecem em áreas residenciais do país.

No segundo dia do cessar-fogo, Annan lembrou que a retirada de tanques de guerra faz parte do acordo de paz entre governo e oposição e deve ser implementada.

Observadores

Ainda nesta sexta, o Conselho de Segurança debateu o envio de uma missão inicial de observadores à Síria, pedido feito por Kofi Annan.

O porta-voz do enviado especial, Ahmad Fawzi, disse, de Genebra, que se o cessar-fogo continuar a ser cumprido, Annan pedirá ao Conselho de Segurança o estabelecimento de uma missão observadora mais numerosa. A missão auxiliaria na implementação do plano de paz concebido pelo enviado especial.

Fortalecimento do Diálogo

A missão inicial de observadores terá até 12 integrantes e a maior poderá contar com até 250 oficiais. O governo sírio já concordou com a presença dos observadores, o que faz parte do plano de paz.

Annan acrescentou que as autoridades sírias devem respeitar o direito dos cidadãos de participar em manifestações pacíficas. Mas ele fez um apelo aos sírios, para que estes “se comportem de modo a fortalecer o diálogo”.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud