Ban quer encontro de emergência entre líderes do Sudão e do Sudão do Sul

12 abril 2012

Secretário-Geral da ONU reitera pedido de retirada de suas tropas sul-sudanesas da cidade petrolífera de Heglig.

[caption id="attachment_210351" align="alignleft" width="350" caption="Foto: UN PHOTO"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário Geral da ONU apelou aos líderes do Sudão, Omar al-Bashir e do Sudão do Sul, Salva Kiir, que marquem uma reunião de emergência para negociar uma solução duradoura para suas diferenças.

Ban Ki Moon pediu o fim das hostilidades nas regiões e reiterou o pedido do Conselho de Segurança para que o Sudão do sul retire imediatamente as suas tropas da cidade petrolífera de Heglig, no estado sudanês de Kordofan-Sul.

Questões Pendentes

De acordo com o Secretário-Geral, as hostilidades teriam sido evitadas se os dois países atendessem ao seu pedido de resolução das questões pendentes no acordo de paz abrangente, antes do referendo sobre a independência.

De acordo com Ban, trata-se de uma situação muito séria, para a qual pediu que ambos exercessem máxima contenção.

Um acordo assinado em junho, do ano passado, prevê a retirada de tropas sudanesas e de forças policiais sul-sudanesas da rica em petróleo cidade de Abyei.  Para Ban Ki-moon, o recurso é uma riqueza que deve ser usada para a prosperidade.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud