Relatório da ONU destaca Brasil em uso recorde de microseguros
BR

10 abril 2012

Documento da Organização Internacional do Trabalho, OIT, revela que 500 milhões de pessoas são beneficiadas em todo o mundo.

[caption id="attachment_208337" align="alignleft" width="350" caption="Foto: UN PHOTO"]

Camilo Malheiros Freire, da Rádio ONU em Nova York*

Um relatório publicado, nesta terça-feira, pela Organização Internacional do Trabalho, OIT, sugere que o Brasil tem uso recorde de microseguros.

Segundo a agência, estes seguros são destinados a pessoas de baixa renda para protegê-las de desastres naturais, acidentes fatais e outros sinistros.

Número de Usuários

De 2007 a 2011, o número de segurados cresceu mais de seis vezes, para 500 milhões.

Em Genebra, a porta-voz da OIT, Sarah Bel, falou sobre os países que utilizam o microseguro.

Segundo Sarah Bel, o Brasil foi um dos países onde o número de segurados aumentou. A China e a Índia são outros exemplos de países emergentes que fazem uso do seguro.

Ferramenta Importante

O relatório afirma que embora o sistema de microseguros não deva quebrar, completamente, o ciclo da pobreza, ele é uma ferramenta importante na luta contra a miséria.

Uma das iniciativas da OIT para aumentar a quantidade de pessoas seguradas foi lançada em 2008.  Uma ação apoiada pela Fundação Bill e Melinda Gates que tenta aumentar o número de seguros de qualidade para famílias de baixa renda no mundo inteiro.

Em novembro passado, o Rio de Janeiro foi sede da 7ª Conferência Internacional de Microseguros, reunindo especialistas na área, vindos de 52 países.

* Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud