TPI indefere pedido de adiamento de entrega do filho de Kadafi

5 abril 2012

Posição segue-se à segunda solicitação do Conselho Nacional de Transição; órgão sedeado em Haia pede que Saif al-Islam seja imediatamente entregue para julgamento por crimes contra a humanidade.

[caption id="attachment_206564" align="alignleft" width="350" caption="Sede do TPI "]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Tribunal Penal Internacional, TPI, reiterou que a Líbia deve entregar Saif al-Islam imediatamente para ser julgado pela corte. O pedido foi feito  quando o TPI indeferiu a segunda tentativa de adiamento das autoridades do país.

O filho do antigo líder líbio, Muammar Kadafi, tem contra si um mandado de prisão emitido pelo Tribunal, sedeado em Haia, a 27 de Junho de 2011. Saif, é procurado em conexão com a repressão violenta dos protestos ocorridos na Líbia no ano passado mas nega as acusações.

Detenção

Agências noticiosas citam as autoridades de transição como tendo dito que Saif al-Islam estaria detido por uma milícia na cidade líbia de Zintan e que este deverá ser julgado pelas autoridades nacionais.

Além de al-Islam, o Tribunal emitiu mandado para o pai e o antigo chefe dos serviços secretos, Abdoullah al-Senussi, em Junho. O primeiro pedido de adiamento das autoridades líbias foi feito em finais de Janeiro. Muammar Kadafi foi morto em 20 de Outubro.

O TPI lembra que a resolução do Conselho de Segurança obriga a Líbia a cooperar com a corte, e entregar Saif à justiça internacional.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud