Unesco divulga relatório sobre a segurança de jornalistas em todo o mundo
BR

22 março 2012

Publicação será lançada, nesta quinta-feira, em Paris; de 245 assassinatos entre 2006 e 2009, em apenas 9 os assassinos foram condenados.

[caption id="attachment_213160" align="alignleft" width="350" caption="Foto: UN PHOTO"]

Anelise Borges, da Rádio ONU em Paris.

O perigo da impunidade da violência contra jornalistas está na pauta do encontro do Programa Internacional da Unesco para o Desenvolvimento da Comunicação. Realizada na sede da agência em Paris, a reunião também deve incluir um debate sobre o equilíbrio de gênero na mídia.

Um relatório da diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, sobre a segurança de jornalistas e o perigo da impunidade será apresentado no encontro desta semana.

Respostas

O relatório fornece informações sobre os 127 assassinatos de jornalistas ocorridos entre 2010 e 2011. O material também inclui as respostas dos Estados-membros fornecidas aos inquéritos sobre as investigações judiciais em cada um dos assassinatos de jornalistas entre 2006 a 2009.

Segundo o relatório, poucas investigações levaram a condenações. Dos 245 assassinatos de jornalistas entre 2006 e 2009,  em apenas nove dos casos os assassinos foram condenados.

Durante a reunião, o Conselho do Programa Internacional da Unesco para o Desenvolvimento da Comunicação, Ipdc, também vai considerar um plano de  ação das Nações Unidas de sobre a segurança dos jornalistas e a questão da impunidade.

Indicadores

Esta iniciativa da ONU para coibir a violência contra os trabalhadores da mídia mobiliza todas as agências relevantes da organização. Ele foi preparado em cooperação com outros organismos da ONU, os Estados-membros, ONGs, associações profissionais e meios de comunicação.

Durante o segundo dia de encontro, os participantes vão discutir novos indicadores da Unesco sensíveis ao gênero na mídia. O objetivo é contribuir para a igualdade de gênero e empoderamento das mulheres dentro e através de todas as formas de mídia, independentemente da tecnologia. Esses indicadores são utilizados para identificar os desequilíbrios de modo a facilitar medidas corretivas.

O Ipdc é o único fórum multilateral no sistema das Nações Unidas destinado a promover o desenvolvimento da mídia em países em desenvolvimento.

Ao longo das últimas três décadas, o programa canalizou quase US$ 100 milhões, equivalentes a R$ 170 milhões, para cerca de 1,5 mil projetos de desenvolvimento de mídia em mais de 140 países.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud