Pnuma chama a atenção para a importância dos mangais

14 março 2012

A gestão da água não passa apenas pela forma como o bem essencial é utilizado na agricultura, por exemplo; as Nações Unidas querem chamar a atenção para o que os ecossistemas fornecem em termos de serviços.

[caption id="attachment_212821" align="alignleft" width="350" caption="Foto: Pnuma"]

Joyce de Pina, Rádio ONU em Nova Iorque.

De acordo com um relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, os ecossistemas como os pântanos, mangais e florestas, devem ser tidos em conta quando se discute a gestão da água.

O Pnuma acrescenta que deve existir uma visão mais alargada da produtividade deste bem de primeira necessidade, já que essa abordagem permitirá maior segurança alimentar.

Equilíbrio

Aumentar a produtividade da água e a eficiência dessa produtividade é um dos objetivos chave, segundo o Pnuma, dos políticos em muitas partes do mundo, em especial nos países emergentes.

O documento sublinha ainda que, quando a água é desviada de pantanais ou mangais para zonas de cultivo, por exemplo, está a pressionar os ecossistemas e a afetar a vida das comunidades, humanas e animais, da área, por vezes de forma permanente e negativa.

O Pnuma alerta para a necessidade de se criar um equilíbrio entre a forma como a água é utilizada na agricultura e por esses ecossistemas, e que as colheitas não devem ser o centro das atenções dos decisores políticos.

Para gerir a forma como os recursos de água são utilizados, o Pnuma sugere que se criem formatos de gestão do gado, através, por exemplo, da escolha de animais adaptados ao clima do local onde vivem, ou incluir e apoiar serviços que favoreçam os ecossistemas.

O documento refere ainda a utilização de sistemas de armazenamento da água que imitam meios naturais de armazenamento ou integrar as florestas na gestão da água.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud