ONU lamenta mortos na explosão em paiol na República do Congo

5 março 2012

Deflagração acidental em armazém de munições em Brazzaville mata pelo menos 200 pessoas e fere mais de mil.

[caption id="attachment_208740" align="alignleft" width="350" caption="Ban Ki-moon"]

Joyce de Pina, Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, manifestou-se “profundamente” entristecido com a perda de vidas e destruição causadas pela explosão de um paiol na capital da República do Congo, Brazzaville.

De acordo com as agências de notícias, pelo menos 200 pessoas morreram e mais de mil ficaram feridas. A deflagração registou-se no domingo passado.

Explosão

Ainda de acordo com os média, a explosão foi tão forte que foi sentida em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo.

Ban, no comunicado, transmitiu as condolências aos familiares da vítimas e ao governo e população do Congo, acrescentando que “as Nações Unidas expressam apoio à República do Congo neste momento difícil e garantem às autoridades a continuidade da cooperação e assistências das operações humanitárias em curso.”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud