Julgamento do ex-presidente da Libéria termina em abril
BR

2 março 2012

O veredito do julgamento de Charles Taylor, acusado de 11 crimes de guerra e de crimes contra a humanidade, será publicado pelo Tribunal Especial para a Serra Leoa no dia 26 de abril,

[caption id="attachment_207803" align="alignleft" width="350" caption="Sede do Tribunal Penal Internacional"]

Joyce de Pina, Rádio ONU em Nova York.*

O Tribunal Especial para a Serra Leoa, com sede na capital, Freetown, anunciou esta semana que vai publicar o veredito do julgamento do ex-presidente da Libéria, Charles Taylor, no dia 26 de abril.

Charles Taylor é acusado de 11 crimes de guerra e de crimes contra a humanidade, incluindo pilhagem, escravatura para casamentos forçados, punições coletivas e recrutamento e uso de crianças soldado.

Testemunhos Famosos

Taylor supostamente apoiou dois grupos rebeldes na Serra Leoa: o Conselho das Forças Armadas Revolucionárias e a Frente Unida Revolucionária.

O julgamento começou em junho de 2007 em Haia, por razões de segurança. Mais de 100 testemunhas passaram pelo tribunal, entre elas a modelo Naomi Campbell e a atriz Mia Farrow. O ex-presidente também se apresentou como testemunha em causa própria.

O Tribunal Especial foi criado em 2002 pelo governo da Serra Leoa e pelas Nações Unidas para julgar aqueles que tiveram maior responsabilidade nas violações de direitos humanos e atos contra a legislação nacional do país cometidos a partir de novembro de 1996.

* Apresentação: Camila Viegas-Lee.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud