Bombardeamentos em Homs condenados pelas Nações Unidas

6 fevereiro 2012

O Secretário-Geral afirma que escalada da violência é “totalmente inaceitável para a Humanidade.”

[caption id="attachment_210087" align="alignleft" width="350" caption="Ban Ki-moon"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque*.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou a escalada da violência na Síria, incluindo ataques aéreos à cidade de Homs.

De acordo com Ban, a falta de acordo no Conselho de Segurança não dá às autoridades sírias licença para aumentar a violência contra a população.

Veto

Ban referiu-se ao veto da China e da Rússia durante a votação sobre uma resolução, no sábado no Conselho de Segurança, que condenava a violência política na Síria.

Mais de cinco mil pessoas morreram desde março, quando manifestantes saíram às ruas para pedir democracia e mudanças no regime do presidente sírio, Bashar al-Assad.

Segundo Ban Ki-moon, a escalada das agressões é inaceitável perante a Humanidade.

Ban afirmou ainda ser lamentável que as autoridades sírias continuem a ignorar os apelos internacionais para pôr um fim ao uso da força contra civis.

Ban Ki-moon encerrou o comunicado pedindo que os esforços para acabar com a violência sejam redobrados.

*Apresentação: Joyce de Pina

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud