ONU celebra neste sábado o Dia Mundial da Luta contra o Câncer
BR

4 fevereiro 2012

“Juntos é Possível” é o tema deste ano; objetivo é investir em prevenção para reduzir número de mortes prematuras; cerca de 7 milhões de pessoas perdem a vida, todos os anos, para a doença.

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova York.*

A Organização Mundial da Saúde, OMS, comemora neste 4 de fevereiro o Dia Mundial da Luta contra o Câncer. A data é organizada com a União Internacional Contra o Câncer e a Agência para a Pesquisa sobre Câncer. O objetivo é promover a prevenção e as formas de reduzir o número de afetados.

“Juntos é Possível” é o tema deste ano. Segundo a OMS, se cada um fizer o seu papel, cada pessoa, organização, governo e indivíduo, a redução do número de mortos será mais fácil. Atualmene, cerca de 7 milhões de pessoas morrem de câncer, todos os anos.

Qualidade de Vida

Prevenir, melhorar os tratamentos e aumentar a qualidade de vida dos doentes são temas associados à data. Este ano, os três organismos resolveram falar de diagnóstico precoce e vacinação.

A OMS está promovendo o acesso a vacinas para prevenir infecções associadas ao câncer. Andreas Ulrich, do Departamento de Doenças Crônicas e Promoção da Saúde falou sobre a ação.

Segundo o especialista, as infecções causam até 20% das mortes por câncer na África. Nos países industrializados, o número baixa para 7%. Para Ulrich, é possível obter resultados melhores com programas de prevenção através de imunização na África.

O especialista da OMS disse que, para muitas pessoas, o câncer ainda é uma espécie de tabu, uma doença que mata de forma silenciosa.

De acordo com a OMS, e assumindo as estimativas das mudanças demográficas previstas, em especial nos países de rendas média e baixa, na próxima década, o número de vítimas mortais pode subir para até 12 milhões de pessoas, nos próximos 20 anos.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud