Ban diz compreender frustrações de manifestantes em Gaza
BR

2 fevereiro 2012

Em visita aos Territórios Palestinos, comboio do Secretário-Geral foi alvo de  um protesto sobre a situação de palestinos em prisões israelenses; tumulto causou cancelamento de um almoço com representantes da sociedade civil.

[caption id="attachment_211016" align="alignleft" width="350" caption="Ban em encontro com alunas palestinas"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou compreender as frustrações e preocupações de manifestantes em Gaza. Nesta quinta-feira, o comboio que transportava Ban Ki-moon foi alvo de protestos de alguns parentes de prisioneiros palestinos que criticavam a situação de seus familiares em cadeias israelenses.

Durante o tumulto, alguns sapatos foram lançados contra o comboio. Por causa da confusão, um almoço com representantes da sociedade civil acabou sendo cancelado.

Escola

Logo depois, Ban visitou as instalações da Agência das Nações Unidas de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa. O Secretário-Geral reuniu-se com alunas de uma escola palestina e conheceu um serviço habitacional.

Ele ainda se encontrou com crianças que ficaram feridas no conflito entre palestinos e israelenses.

Em nota, emitida pelo seu porta-voz, o Secretário-Geral informou que está preocupado com a situação dos prisioneiros. Ele recebeu uma carta do ministro palestino, Issa Karake, sobre o tema.

As Nações Unidas continuam pedindo a Israel para cumprir suas obrigações sob a lei internacional.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud