Mau tempo já matou 40 pessoas e deslocou milhares em Moçambique

31 janeiro 2012

As regiões centro e sul de Moçambique foram assoladas por duas tempestades tropicais; agência registou 40 mortos e destruição de diversas infraestruturas.

[caption id="attachment_210897" align="alignleft" width="350" caption="Equipas monitoram a situação"]

Manuel Matola, da Rádio ONU em Maputo.

O Escritório da ONU para Assistência Humanitária, Ocha, diz que está a monitorar a situação das cheias que assolam a região austral de África.

Segundo a agência, pelo menos 40 pessoas morreram e 117 mil foram afectadas por duas tempestades tropicais que atingiram alguns países africanos, incluindo Moçambique.

Ciclone

Mais de 65 mil pessoas foram atingidas pela tempestade Funso de categoria 4 na província da Zambézia, no centro do país. Na região sul de Moçambique o ciclone Dando afectou 51 mil pessoas nas províncias de Maputo, Gaza e Inhambane.

Segundo a Ocha, o país continua em alerta laranja, o que significa que devem ser providenciados os recursos necessários para uma eventual emergência. As vítimas das tempestades necessitam urgentemente de alimentos, cloro, kits de abrigos, tais como chapas de cobertura das casas e latrinas.

Terreno

A agência refere que as duas tempestades que assolaram as regiões centro e sul de Moçambique, entre os dias 18 e 26 do corrente mês, destruíram diversas infraestruturas.

Equipas multisectoriais estão no terreno a monitorar a situação. Mas o acesso a alguns pontos da província da Zambézia, por exemplo, continua preocupante, devido à intransitabilidade das vias.

Uma campanha de sensibilização por via de rádios comunitárias foi feita em Massingir, no sul do país, onde ocorreram descargas da barragem.

Zona Baixa

A operação permitiu a saída antecipada de 1500 famílias da zona baixa para os pontos mais altos.

As autoridades sanitárias estão a distribuir 12,5 toneladas de cloro à população visando conter a eclosão de cólera. Para evitar a deterioração nas condições de saneamento foi prestado apoio para a limpeza do sistema de esgoto.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud