ONU envia US$ 9 milhões para combater cólera na República Democrática do Congo

30 janeiro 2012

Zonas no país onde doença é endémica estão a registar novos surtos; ONU quer reforçar projectos do governo e organizações não-governamentais contra a doença.

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Mais de US$ 9 milhões foram entregues a organizações na República Democrática do Congo para combater a cólera.

A verba foi entregue pelo Fundo Central de Resposta à Emergência das Nações Unidas, Cerf. A cólera no país já afetou mais de 22 mil pessoas e matou outras 500 no ano passado.

Doença Endémica

De acordo com o Escritório das Nações Unidas de Assistência Humanitária, Ocha, nas últimas semanas foram registados picos de surtos de cólera na República Democtrática do Congo, a maiora nas províncias do leste, onde a doença é endémica.

O Ocha sublinhou que a cólera está a impedir o desenvolvimento da agricultura, actividades comerciais, idas das crianças à escola e a minar o bem estar das famílias em geral, que estão entre as mais pobres do mundo.

O dinheiro do fundo vai ser distribuído entre o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, e a Organização Mundial da Saúde. Parte dessa verba vai ser canalizada para organizações não-governamentais e autoridades congolesas.

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud