Meio milhão de crianças no Iémen em risco de morte por falta de comida

26 janeiro 2012

Unicef alerta para perigo iminente de malnutrição país.

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, deixou um alerta para o risco de meio milhão de crianças no Iémen poderem morrer ou sofrer danos físicos e mentais devido à malnutrição.

A não ser que recursos em número suficiente sejam disponibilizados para aliviar os efeitos do conflito, da pobreza crónica e da seca, as crianças no país vão ser muito afetadas.

Prevenção Possível

A malnutrição pode ser prevenida, afirmou Maria Calivis, diretora regional do Unicef para o Médio Oriente e Norte de África, depois de uma visita de dois dias ao Iémen.

Com 58 por cento de crianças subdesenvolvidas, o Iémen tem o segundo maior índice de malnutrição em crianças no mundo, depois do Afeganistão. A malnutrição severa atinge 30 por cento das crianças iemenitas em algumas partes do país. Níveis semelhantes são observados apenas na Somália e estes valores são duas vezes superiores ao nível internacional considerado alarmante.

O Iémen também tem um dos mais elevados índices de mortalidade infantil do Médio Oriente e Norte de África, com 77 mortes por cada mil nascimentos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud