Unicef investe em treinamento de professores angolanos
BR

25 janeiro 2012

Grande parte dos docentes do país africano de língua portuguesa não obteve treinamento formal e agora recebem orientações de outros professores; foco é levar às salas de aula novas metodologias.

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova York.*

Em Angola, uma parceria das Nações Unidas com o governo está oferecendo treinamento a professores do país.

Grande parte dos docentes angolanos não obteve treinamento formal, e uma das razões foram os 27 anos de guerra civil. Com o programa do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, e do governo, 350 professores qualificados percorrem Angola para treinar outros colegas, como explica Cecília Kuyela.

Metodologias

“A impressão que eu tive aqui, nesta sala, é que a metodologia não é própria. A aula bem que podia ser mais dinamizada. Faltou um pouco de mais dinamismo, para que as crianças ficassem mais motivadas e aprendessem com mais facilidade”.

O curso para professores está percorrendo várias províncias, de escola em escola, para melhorar as metodologias de ensino e a própria educação angolana. O programa do governo de Assistência à Educação Primária, Paep, é financiado também pela União Europeia.

Inovação

A professora do ensino primário Maria Emília, comentou o treinamento.

“O Paep trouxe uma inovação para nós aqui no ensino. Conforme vê, os meus alunos são da segunda classe, mas já conseguem formar frases, já conseguem escrever palavras, então foi muito bom.”

A iniciativa aposta em recursos humanos para criar uma próxima geração com educação de qualidade.

*Apresentação: Leda Letra.

*Reportagem: Unifeed.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud