Unctad: Brasil é um dos principais destinos de investimentos estrangeiros
BR

24 janeiro 2012

Relatório preliminar da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, em 2011, sugere que país recebeu grande parte dos US$ 216 bilhões destinados à América Latina e Caribe; outros destinos são Colômbia e centro financeiros “offshore”.

[caption id="attachment_206766" align="alignleft" width="350" caption="Em 2012, investimento pode chegar a US$ 1,7 trilhão"]

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova York.*

A Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, revelou que o Brasil recebeu grande parte dos investimentos estrangeiros diretos, IED, na América Latina e no Caribe, em 2011.

O relatório preliminar, divulgado nesta terça-feira, sugere que a Colômbia e centros financeiros “offshore” da região também foram beneficiados.

Localização Estratégica

Ao todo, países latino-americanos e caribenhos receberam US$ 216 bilhões, equivalentes a R$ 367 bilhões.

De acordo com a Unctad, os investidores continuam atraídos pelos recursos naturais da América Latina e seus mercados em expansão. Segundo especialistas, o Brasil, devido à localização estratégica, abre espaço para mercados na Argentina, no Chile, na Colômbia ou no Peru.

A Unctad estima que em 2012, o investimento direto estrangeiro chegue a US$ 1,7 trilhão. O recorde continua a ser 2007, ano em que o investimento atingiu os US$ 2 trilhões.

A oitava edição do relatório da Unctad apresenta as tendências do investimento direto estrangeiro, mas os resultados concretos e detalhados, com análise para o ano 2012, vão ser enumerados em julho, no Relatório sobre Investimento Mundial.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud