Potencial de África é apenas “aflorado” por agentes turísticos

24 janeiro 2012

Para os especialistas e os responsáveis da área do turismo, o potencial africano está apenas a ser aflorado; o continente pode criar benefícios para toda a economia se o investimento for bem canalizado, dizem participantes na Investour – o Fórum de Investimento para África, que se realiza à margem da Fitur, em Madrid.

[caption id="attachment_207597" align="alignleft" width="350" caption="Local turístico no Egito"]

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações unidas encorajaram os investidores em apostar nos mercados emergentes do turismo africano, de acordo com o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo, Taleb Rifai.

O responsável proferiu as declarações na capital espanhola, em Madrid, onde se realizou o Fórum do Investimento para África, à margem da Fitur, Feira Internacional de Turismo.

Todos Ganham

O responsável da OMT sublinhou que África, sendo um dos mercados turísticos que mais cresceu na última década, “com o investimento correto, vai continuar a ver os turistas chegarem, os investidores vão receber excelentes retornos, novas oportunidades de emprego vão ser criadas e toda a ecocnomia vai sair beneficiada”, concluiu o responsável.

O investimento, de acordo com o ministro do Turismo dos Camarões, Bouba Maugari, apenas “aflorou o potencial do continente”. Já Ricardo Martinez Vázquez, director geral da Casa Africana, entidade espanhola que co-organiza o Investour com as Nações Unidas, identificou o turismo enquanto prioridade da política externa e ações de cooperação de Espanha, porque “a estimativa é de que mil milhões de pessoas vão viajar este ano”.

Crescimento Turístico

O turismo internacional em África cresceu de 27 milhões de chegadas em 2000 para 50 milhões em 2011.

As divisas que os turistas deixam no continente são uma importante fonte de moeda estrangeira para os países africanos, e passou de US$ 10 mil milhões em 2000 para US$ 30 mil milhões dez anos depois.

Visibilidade Africana

O Fórum do Investimento para África, o terceiro desde a criação do evento, pretende criar maior visibilidade para o continente africano, enquanto destino turístico, e procura mobilizar investimento de forma a promover um desenvolvimento sustentado do setor.

Mais de 25 países africanos enviaram representantes para o fórum este ano. O evento também promoveu encontros bilaterais entre responsáveis do turismo africano e companhias e autoridades turísticas de Espanha.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud