União Africana e ONU adotam plano de ação sobre direitos humanos em África

19 janeiro 2012

O Alto Comissariado para os Direitos Humanos da ONU e a Comissão Africana para os Direitos Humanos e das Populações acordaram na criação de mecanismos especiais para melhorar a cooperação e a coordenação na promoção dos direitos humanos em África.

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Durante dois dias, as Nações Unidas e a União Africana reuniram-se para falar de direitos humanos em África. O encontro, que acabou esta quinta-feira, decorreu em Addis Ababa, na Etiópia, e culminou com um acordo de cooperação conjunto que envolve colaborações na promoção e divulgação dos direitos humanos no continente.

O encontro contou também com outras agências da ONU e da União Africana, membros da sociedade civil e peritos independentes.

Estreia

Foi a primeira vez que o tema dos direitos humanos em África foi debatido, no continente, por um conjunto de participantes de áreas tão abrangentes, incluindo detentores de mandatos internacionais como agências da ONU e da União.

Os organizadores sublinharam a importância desta estreia e acrescentaram que “poder aprender de forma direta através das experiências de cada um é uma mais valia, já que potencia sinergias e colaborações”.

Os peritos discutiram as possíveis formas de ação conjunta, incluindo a colaboração na realização de comunicados, organização de eventos ou criação de campanhas comuns, incluindo visitas a países africanos. E uma ênfase especial foi colocada na necessidade de se melhorar a partilha de informação. Ficou a promessa de que passos nesse sentido iam ser dados.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud