Pnud promove futebol para a paz na Colômbia
BR

9 janeiro 2012

Treinos ajudam crianças e adolescentes que vivem em áreas controladas por grupos armados como as Farc; segundo a agência da ONU, a atividade esportiva evita o envolvimento dos menores em gangues e guerrilhas.

[caption id="attachment_209801" align="alignleft" width="350" caption="Kevin Dagua é um dos beneficiados com o projeto"]

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

Com apenas onze anos, o menino Kevin Dagua já está familiarizado com a guerra. Ele vive na área norte do distrito de Cauca, na Colômbia, uma das regiões afetadas pelos conflitos entre grupos armados, incluindo as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, Farc e o Exército colombiano.

Recentemente, Kevin começou a treinar futebol, graças à Rede de Futebol e Paz, um projeto promovido pelo Programa da ONU para o Desenvolvimento, Pnud. Segundo o coordenador das atividades, Eduardo Alberto Molina, o futebol tem ajudado Kevin a construir um forte senso de identidade.

Prevenção

Molina também destaca que o objetivo do projeto é prevenir crianças e jovens de participarem em atividades ilegais e de se envolverem com gangues e guerrilhas.

Segundo o Pnud, as organizações parceiras utilizam o futebol para ajudar as crianças na constução da paz, para prevenir que elas abandonem os estudos, entrem em contato com drogas e fiquem protegidas da violência doméstica e de gênero.

A Rede de Futebol e Paz do Pnud foi criada em 2010 e atende 25 mil crianças e adolescentes na Colômbia. O projeto tem o apoio do Banco Mundial e do Unicef.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud