Agência de refugiados da ONU já registrou quase 5 mil pessoas da Síria
BR

2 janeiro 2012

Acnur diz que número está aumentando por causa da violência política no país; desde meados de março manifestantes pró-democracia estão pedindo reformas no regime do presidente Bashar al-Assad.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, informou que o número de registros de cidadãos da Síria para assistência está aumentando.

Ao todo, o Acnur tem 4840 sírios cadastrados. Desde a semana passada, 100 pessoas pediram a ajuda da agência após entrar no Líbano.

Clínicas Móveis

De acordo com as Nações Unidas, a violência política na Síria já matou 5 mil pessoas.

Muitos refugiados estão sofrendo com problemas de saúde. O Acnur informou que está instalando clínicas móveis com a ajuda do Corpo Médico Internacional, IMC.

Os médicos também estão realizando exames e palestras sobre prevenção de doenças.

Na semana passada, uma delegação de observadores da Liga Árabe se deslocou à Síria para acompanhar a situação no país.

O Conselho de Segurança da ONU está analisando um esboço de resolução sobre a violência no país árabe.

Uma tentativa de resolução apresentada ao Conselho, no segundo semestre de 2011, não obteve apoio para ser levada à votação.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud