Arábia Saudita contribui para imunizar milhões de crianças em África

30 dezembro 2011

País doou US$ 10 milhões ao Unicef para comprar vacinas contra a pólio. O dinheiro vai permitir imunizar até 33 milhões de crianças em África e no Médio Oriente .

[caption id="attachment_209506" align="alignleft" width="350" caption="Foto: Unicef"]

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Reino da Arábia Saudita contribuiu com  US$ 10 milhões para erradicar a pólio de África e do Médio Oriente. O Unicef no Níger recebeu US$ 1,5  milhão.

O dinheiro foi dado ao programa do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, para a compra de vacinas contra o vírus selvagem. A agência das Nações Unidas compra as vacinas orais que os governos distribuem por centros que as aplicam nas crianças.

Contaminação

O Unicef está a trabalhar com a Organização Mundial da Saúde, OMS, e com os governos dos vários países parte da campanha para coordenar uma resposta rápida a potenciais surtos de pólio.

O Níger, por exemplo, é uma das nações em alto risco por causa da contaminação transfronteiriça. O vírus circula de país em país devido à migração e à presença de grupos nómadas na região.

A Arábia Saudita doou a verba para promover a vacina no Benin, no Cote d'Ivoire, também conhecida como Costa do Marfim, no Mali, na Somália, no Sudão e no Iémen.

No total, os 10 milhões deverão contribuir para imunizar até 33 milhões de crianças com menos de cinco anos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud