Calma retorna à Guiné-Bissau após tentativa de golpe de estado
BR

28 dezembro 2011

Segundo porta-voz do Escritório da ONU para Consolidação da Paz no país africano, de língua portuguesa, o comércio está funcionando e o Governo despachando; mas a comunidade diplomática permanece em estado de alerta moderado.

Joyce de Pina, da Rádio ONU em Nova York.*

A calma retornou à Guiné-Bissau após uma tentativa de golpe de estado, ocorrida nesta segunda-feira.  A informação foi dada à Rádio ONU pelo porta-voz do Escritório das Nações Unidas no país, Vladimir Monteiro.

Segundo ele, o comércio está funcionando, os transportes públicos estão operando normalmente, e o governo guineense está despachando. Nesta entrevista à Rádio ONU, de Bissau, Vladimir Monteiro falou sobre a situação na capital do país, nesta quarta-feira.

Processos Legais

“Após um evento como este, do dia 26, haja alguma agitação diplomática. Esta manhã chegou o presidente da comissão da União Africana para se avistar com as autoridades, e também com a comunidade internacional. Ontem havia alguma presença e houve também da parte do governo um encontro entre o ministro dos Negócios Estrangeiros e a comunidade internacional para informar do que tinha acontecido e sobretudo da decisão de serem levadas a cabo investigações que respeitem todos os processos legais.”

Envolvimento

Vladimir Monteiro também informou que a comunidade diplomática na Guiné-Bissau permanece em estado de alerta moderado.

De acordo com agências de notícias, dois generais foram detidos após a tentativa de golpe. O comandante da Marinha, Bubo Na Tchuto, também foi preso, mas ele negou qualquer envolvimento com o caso.

Após uma reunião entre o governo e a comunidade internacional, na terça-feira, foi decidido que o incidente será investigado.

A mais recente tentativa de golpe, no país de língua portuguesa no oeste da África, ocorreu num momento em que o presidente Malam Bacai Sanhá se encontra fora da Guiné-Bissau em tratamento médico.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud