PMA leva ajuda a sobreviventes das enchentes nas Filipinas

20 dezembro 2011

Ajuda foi pedida pelo governo após a tempestade tropical Washi, na ilha de Mindanao; pelo menos 957 pessoas morreram e dezenas de milhares estão sem abrigo

[caption id="attachment_209133" align="alignleft" width="350" caption="Estragos em Mindanao. Foto: PMA"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas, PMA, iniciou a distribuição de comida para as vítimas da tempestade tropical Washi, que atingiu as Filipinas no fim de semana.

O pedido foi lançado pelo governo filipino que tem de responder aos pedidos de ajuda de emergência por parte de dezenas de milhares de vítimas, agora sem abrigo.

Água Potável

A área mais afetada pela tempestade tropical foi a ilha de Mindanao, no norte do país. Muitas pessoas ficaram sem acesso à água potável e a alimentos.

O diretor do PMA nas Filipinas, Stephen Anderson, afirmou que a agência está a deslocar, o mais rápido possivel, comida de seus estoques em Mindanao para socorrer as vítimas.

Entre os alimentos entregues estão biscoitos de alto teor energético. Nos próximos dias, deve ser enviada mais ajuda suficiente para assistir 65 mil pessoas.  A agência também disponibilizou papas para crianças de até cinco anos de idade.

Cobertores, tanques de água, tapumes e tendas estão a ser distribuídos aos que perderam tudo com as cheias.

Até o momento, 285 mil pessoas foram afetadas. Cerca de 43 mil estão a viver em abrigos temporários. O número de desaparecidos ainda é elevado.

*Apresentação: Joyce de Pina.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud