ONU lamenta morte de Kim Jong-il

19 dezembro 2011

O Secretário-Geral das Nações Unidas reafirmou o compromisso com a paz e a segurança na Coreia do Norte.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

As Nações Unidas lamentaram, esta segunda-feira, a morte do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-il. Em comunicado, o Secretário-Geral Ban Ki-moon expressou pesar “ao povo norte-coreano, que está a passar por este momento de luto nacional”.

Compromisso

De acordo com as agências de notícias, Kim Jong-il morreu no sábado, aos 69 anos, vítima de ataque cardíaco, e as forças de segurança da vizinha Coreia do Sul teriam sido colocadas em estado de alerta após o anúncio do falecimento do líder do norte.

Em reação à morte de Kim Jong-il, o Secretário-Geral Ban Ki-moon reafirmou o compromisso com a paz e a segurança na península coreana indicando que o sistema das Nações Unidas continuará a ajudar as pessoas da Coreia do Norte.

Ban Ki-moon indiciou ainda que está a acompanhar a situação de perto.

*Apresentação: Joyce de Pina.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud