Parceria sobre treinamento forense ajudará a investigar crimes nos Territórios Palestinos
BR

19 dezembro 2011

Projeto, financiado pelo Governo do Canadá, está sendo executado por agência da ONU sobre Drogas e Crime e a Autoridade Nacional Palestina.

[caption id="attachment_209004" align="alignleft" width="350" caption="Foto: Unodc"]

Daniela Kresch, da Rádio ONU em Tel Aviv.

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, e a Autoridade Nacional Palestina, ANP, acabam de lançar um projeto de US$ 10,9 milhões, pouco mais de R$ 20 milhões, sobre a solução de crimes, com mais eficiência, nos territórios palestinos.

A iniciativa está sendo financiada pelo governo do Canadá. A proposta é melhorar a aplicação de técnicas e métodos científicos nas investigações policiais.

Laboratório Temporário

Um laboratório forênsico temporário para treinamento será construído em Ramallah, na Cisjordânia.

O local terá aulas de análises químicas de drogas, exame de evidência de armas de fogo e de documentos.

Segundo o diretor do Laboratório e da Sessão Científica da Unodc, Justice Tettey, o projeto vai ajudar os palestinos a aplicar a medicina forense de maneira mais eficiente e de acordo com os padrões internacionais.

Isso também deverá colaborar na criação de dados mais confiáveis que dêem mais embasamento a processos criminais.

Os casos com maior ênfase são os ataques sexuais e a violência dentro da própria família.

Ciência e Medicina

O projeto da Autoridade Palestina, em parceria com a ONU, tem como principais componentes o desenvolvimento de especialistas em duas vertentes.

A primeira é a Ciência Forense: a aplicação de técnicas e métodos científicos na investigação de crimes.

A segunda, não menos importante, é a Medicina Forense: a aplicação de know-how médico no processo de investigação dos delitos.

O projeto foi lançado em Ramallah pelo Ministério palestino da Justiça, juntamente com outros órgãos do governo local, o Unodc e a Agência de Desenvolvimento internacional do Canadá, entre outras instituições.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud