Associação Vaga Lume recebe Prêmio de Inovação Intercultural da ONU
BR

15 dezembro 2011

Distinção foi entregue durante o Fórum da Aliança das Civilizações, em Doha, no Catar, encerrado nesta terça-feira.

[caption id="attachment_208915" align="alignleft" width="350" caption="Foto: Acervo Vaga Lume"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

A Associação Vaga Lume, que promove o acesso a várias culturas do Brasil, ganhou o Prêmio de Inovação Intercultural das Nações Unidas.

A entidade recebeu a distinção pelo Programa Rede, que faz conexões entre as crianças da Amazônia Legal e da região sudeste do Brasil. Através de um intercâmbio de trabalhos sobre o meio ambiente, alunos de São Paulo conhecem o dia-a-dia de moradores de comunidades ribeirinhas e vice-versa.

Ao todo, 170 comunidades na Amazônia estão participando da iniciativa.

Âmbito Coletivo

A presidente da Vaga Lume, Sylvia Guimarães, falou à Rádio ONU, de Doha, sobre o significado do prêmio.

“Foi muito bom ver que aquilo que a gente fala, no Brasil, da importância de construir pontes entre as diferentes culturas, as classes sociais e as regiões do nosso país, que isto tem eco aqui. E também que isto está sendo valorizado no nível internacional e sendo essencial para o desenvolvimento do planeta. A gente percebeu que o nosso discurso está num âmbito coletivo e que a gente está só ressoando um discurso mundial.”

A representante da Associação Vaga Lume, Sylvia Guimarães, contou que a entidade promove ainda leituras em bibliotecas públicas com o objetivo de integrar as crianças de várias regiões do país.

O Fórum da Aliança das Civilizações terminou nesta terça-feira.

*Apresentação: Leda Letra.

*Reportagem: Camilo Freire.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud