Ziraldo espera que Comissão da Verdade traga ‘esclarecimentos e respostas’
BR

9 dezembro 2011

Em entrevista à Rádio ONU, cartunista também afirmou que presidente Dilma Rousseff mostrou determinação ao sancionar a nova lei; neste sábado, 10 de dezembro, as Nações Unidas marcam o Dia dos Direitos Humanos.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O cartunista Ziraldo afirmou esperar que a Comissão da Verdade, que deve começar seus trabalhos em breve, traga esclarecimentos à população brasileira sobre os crimes cometidos durante a ditadura no país.

Em entrevista à Rádio ONU, Ziraldo disse que o Brasil tomou a decisão certa de examinar os erros do passado. Neste sábado, 10 de dezembro, o mundo comemora o Dia dos Direitos Humanos.

Esclarecimento

“Ninguém pode negar ou dizer: ‘Ah, eu estava cumprindo ordens. Eu era inocente’. Todo mundo sabia o que estava fazendo. Eu acho que a História exige que todos esses erros sejam reparados. E todos os presidentes, depois da abertura, deixaram isso correr solto. Eu acho que a Dilma, ela não vai deixar correr solto. Eu acho que algum esclarecimento nós vamos ter. Nós queremos saber onde está a ‘rapaziada’ do Araguaia, é muita coisa que tem para esclarecer.”

Ao cumprimentar o Brasil pela aprovação da Comissão da Verdade, a alta comissária de Direitos Humanos da ONU, Navi Pillay, pediu ao país que revogue a Lei de Anistia, de 1979. Na opinião de Ziraldo, o Brasil deveria acompanhar o movimento de outros países latino-americanos neste tema.

Mídias Sociais

“O Brasil não foi drástico nessa coisa de anistia. Deixou correr solto. Todos os comprometidos na Argentina com a tortura, com tudo, todos pagaram pelo que fizeram. Aqui no Brasil está cheio de torturador solto aí. Está cheio de político, que a gente sabe que colaborou com a ditadura, de maneira grave, sobrevivendo aqui.”

Em todo o mundo o Dia dos Direitos Humanos está sendo comemorado com vários eventos e campanhas de mídia social. Mais de 1 milhão de pessoas já visitaram o site “Celebrar os Direitos Humanos” no Facebook.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud