Unesco representa Grupo Global de Migração em fórum mundial

1 dezembro 2011

Agência presidiu fórum na segunda metade de 2011; documento enviado pela diretora-geral, vai referir questão de direitos humanos de emigrantes e relacionar a mobilidade com mudança climática.

[caption id="attachment_208337" align="alignleft" width="350" caption="Unesco: mobilidade e desenvolvimento profissional"]

Susete Sampaio, da Rádio ONU em Lyon.

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco preside pela primeira vez, a Sessão de Inauguração do debate conclusivo do Fórum Global sobre Migração e Desenvolvimento.

Desde a criação do Fórum em 2007, este é o terceiro debate conclusivo e decorre quinta e sexta-feira no Palácio das Nações em Genebra.

Mobilidade e clima

O debate visa chamar a atenção para os direitos humanos das pessoas afetadas pelas consequências da mudança climática e ressaltar a relação entre mudança climática e mobilidade humana, numa altura em que a migração e o desenvolvimento de interconexões são cada vez maiores.

Nele participam mais de 160 Estados-membros e 30 observadores que vão examinar os resultados e conclusões de 14 reuniões temáticas de 2011 realizadas um pouco por todo o mundo com o tema “Passar à Ação para Migração e Desenvolvimento – Coerência, Capacidade e Cooperação”.

Métodos

Nessa reunião, a assistente da diretora-geral da Unesco para as Ciências Sociais e Humanas, Pilar Alvarez-Laso, vai entregar uma declaração em nome da diretora da agência, Irina Bokova.

Os debates referem-se à mobilidade e desenvolvimento profissional; os métodos de estratégias de desenvolvimento coerentes; e as ferramentas de políticas baseadas em evidência.

Discutem-se ainda os resultados da presidência do Fórum pela Unesco na segunda metade do ano e a aquisição da primeira publicação da ONU sobre o impacto do clima.

Essa publicação mostra, por exemplo, que a migração deve ser reconhecida como estratégia de adaptação a riscos ambientais; os mais vulneráveis devem ter a possibilidade de migrar; e novos locais de migração legal deveriam ser explorados.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud