Unesco: Importância de formação sobre VIH/Sida no jornalismo em África

30 novembro 2011

A agência encomendou a um instituto africano uma ferramenta de avaliação da relação entre o vírus e a governação a partir do estudo dos programas curriculares em jornalismo.

[caption id="attachment_207812" align="alignleft" width="350" caption="Foto: OMS"]

Susete Sampaio, da Rádio ONU em Lyon.

A Organização da ONU para Educação, Ciência e Cultura, Unesco questiona: “quando é que os cidadãos e os governos discutem o tema do VIH/Sida, o que é que dizem e como é que os meios de comunicação absorvem essa conversa?”

Três questões que figuram no comunicado desta terça-feira da agência, sobre a preparação de um relatório que abranja o continente africano nessa área.

Sida e Governação

Em paralelo, o programa sobre Sida e Governação do Instituto Democrático Africano, Idasa-GAP tem alertado desde o ano de 2004 os jornalistas para a relação entre o VIH/Sida e um bom governo.

No ano passado, a Unesco, encomendou ao Idasa-GAP uma ferramenta de avaliação sobre a forma como o VIH/Sida é integrado nos programas curriculares de jornalismo.

Uma avaliação que foi feita a partir de entrevistas com funcionários de escolas de jornalismo do Sul de África.

Módulos

Partindo do princípio de que a conversa entre cidadãos e governo faz parte da prática democrática, o Idasa-GAP desenvolveu vários módulos de formação para jornalistas relacionados com a prática democrática e a cidadania no contexto do VIH/Sida.

Os módulos têm como base a evidência da pesquisa científica do instituto sobre o impacto da Sida nas instituições democráticas, nas despesas do orçamento e na participação nos processos democráticos.

A informação recolhida do questionário está neste momento a ser analisada. Como resultado, será apresentado no mês de dezembro pela Unesco um relatório com uma proposição de programa curricular.

O esboço deste relatório foi discutido neste mês por académicos e membros do inquérito no Fórum do Idasa-GAP, em Dar-es-Salaam, na Tanzânia.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud