ONU marca Dia Internacional para Eliminação da Violência contra a Mulher
BR

25 novembro 2011

Em mensagem, Secretário-Geral diz que até mesmo ‘a ameaça da violência é uma das maiores barreiras para a igualdade completa’ de gênero; no Brasil, agências querem aumentar participação em redes sociais na Campanha “Diga Não à Violência contra Mulheres e Meninas”.

[caption id="attachment_208037" align="alignleft" width="350" caption="“Diga Não à Violência contra Mulheres e Meninas”"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas marcam, neste 25 de novembro, o Dia Internacional para Eliminação da Violência contra Mulheres.

Em mensagem sobre a data, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que não importa onde a violência ocorra, se em países desenvolvidos ou em desenvolvimento, o crime é um fato que deveria chocar a todos.

Nicole Kidman

Ban afirmou ainda que “até mesmo a ameaça da violência é uma das maiores barreiras à igualdade completa” de gênero.

No Brasil, várias agências da ONU estão promovendo uma grande participação na campanha “Diga Não à Violência contra Mulheres e Meninas”. A iniciativa estrelada pela embaixadora da ONU Mulheres, Nicole Kidman, está buscando novas adesões, principalmente entre as redes sociais.

Em meados deste ano, durante a realização dos Jogos Militares, no Rio de Janeiro, a jogadora Katia Cilene emprestou sua voz à campanha.

Taxas do Brasil

Segundo a ONU Mulheres, entre 1997 e 2007, mais de 40 mil mulheres foram vítimas de homicídio  no Brasil. O número corresponde a uma média de 10 assassinatos de mulheres por dia no país.

As taxas são mais altas que as da maioria dos países europeus.

Como parte dos esforços para enfrentar o problema, o Escritório sobre Drogas e Crime, Unodc, disponibilizou um estudo global sobre homicídios.

De acordo com a agência, as mulheres, de todas as idades, são vítimas de pessoas bem próximas como parceiros e familiares. Um crime que ocorre em todas as regiões do mundo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud