Cavaco Silva: “certeza da impunidade” causa violações de direitos humanos
BR

15 novembro 2011

Em entrevista à Rádio ONU, presidente de Portugal comentou situação de civis em conflitos armados, tema de um debate dirigido por ele, no Conselho de Segurança, na semana passada.

[caption id="attachment_207552" align="alignleft" width="350" caption="Cavaco Silva"]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O presidente de Portugal, Aníbal Cavaco Silva, afirmou que seu país tem um compromisso de estar à frente da defesa dos direitos humanos e da democracia.

Em entrevista à Rádio ONU, Cavaco Silva disse que a “certeza de impunidade” tem levado muitos líderes autoritários a ignorar a proteção dos direitos dos civis em seus países.

Presença

O presidente português fez a declaração um dia após dirigir um debate de alto nível no Conselho de Segurança sobre o tema da proteção de civis em situação de conflitos armados. O encontro contou com a presença do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, como lembrou o presidente português nesta entrevista.

“Recordo a afirmação que o Secretário-Geral fez, em relação aos civis, que são objetos de violência em conflitos armados. Estão convencidos muitos de que podem ficar impunes, não serão investigados. E enquanto isto for assim, a tentação dos ditadores de continuar a ignorar o sofrimento dos civis pode ser muito grande. Portugal estará sempre na primeira linha da defesa, do respeito pelos direitos humanos, tal como da paz, da segurança e da democracia.”

Este mês, Portugal está ocupando a presidência rotativa do Conselho de Segurança. Vários temas estão sendo discutidos, entre eles a situação da violência na Síria, a questão política na Líbia após o regime do ex-líder Muammar Kadafi e o processo de paz no Oriente Médio.

A presidência portuguesa do Conselho termina no próximo dia 30.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud