São Tomé e Príncipe com impulso internacional para sector turístico

28 outubro 2011

Autoridades do sector podem beneficiar de fontes de financiamento para maximizar o potencial do turismo para o desenvolvimento.

Eleutério Guevane da Rádio ONU em Nova Iorque.

São Tomé e Príncipe está entre os oito países que devem avaliar as necessidades de desenvolvimento do turismo para a busca de fontes de financiamento com o apoio da Organização Mundial do Turismo, OMT.

A medida, que abrange o Benim, Burundi, Camboja, Comores, Lesoto, Maldivas e Uganda, foi recomendada pelo Comité Gestor das Nações Unidas sobre Turismo para o Desenvolvimento, com a sigla Sctd.

Potencial Turístico

Nove agências da ONU reuniram-se em Genebra, para debater melhorias nos esforços de maximização do potencial turístico para os Países Menos Desenvolvidos, conhecidos por PMAs.

As visitas turísticas às 48 nações integrantes do grupo aumentaram de 6 milhões no ano 2000, para mais de 17 milhões, em 2010. No mesmo período, as receitas do turismo internacional subiram de US$ 3 mil milhões para mais de US$ 10 mil milhões.

De acordo com a OMT, o facto contribuiu para que, pela primeira vez, o sector fosse tomado como ferramenta de redução da pobreza, na IV Conferência das Nações Unidas sobre os Países Menos Desenvolvidos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud