Unodc anuncia destacamento para conter trânsito de droga no Senegal

27 outubro 2011

Iniciativa, apoiada pelo Unodc, deve reforçar policiamento e comunicação entre pontos de origem, trânsito e destino do tráfico de cocaína; em cinco anos, 100 toneladas da droga podem ter passado pela África Ocidental.

Eleutério Guevane da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, anunciou o lançamento de um destacamento especial conjunto para conter o trânsito de drogas sedeado na capital senegalesa, Dacar.

De acordo com a agência, a força deve contribuir para a eficácia do Projecto de Comunicação em Aeroportos, com a sigla em inglês Aircop. O Unodc estima que até 100 toneladas de cocaína possam ter transitado pela África Ocidental, em cerca de cinco anos.

Troca de Informações

Com o Aircop, pretende-se estabelecer uma comunicação segura, em tempo real e efectiva troca de informações entre os países de origem, trânsito e destino do tráfico de cocaína, defende o Unodc.

Ao abrigo do projecto, forças conjuntas aeroportuárias de interdição compostas por elementos de várias agências de aplicação da lei, devem operar durante 24 horas em 20 aeroportos internacionais.

Ameaça à Segurança

O Unodc aponta que África é o ponto de trânsito da cocaína proveniente da América do Sul com destino à Europa, por ar e mar, no que pode representar uma ameaça à segurança no continente.

Além de África, o projecto criado pelo Unodc, a Organização Mundial das Alfândegas e a Organização Internacional de Polícia Criminal, Interpol, abrange países da América Latina, Caraíbas e Europa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud