Uma em cada dez pessoas morre vítima de doenças cardiovasculares

29 setembro 2011

No Dia Mundial do Coração, foi renovado alerta sobre aumento do número de casos; estilo de vida citado como um dos principais fatores para o surgimento de problemas cardiovasculares.

Victor Boyadjian, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

No Dia Mundial do Coração, celebrado esta quinta-feira, instituições de todo o mundo realizam actividades para realçar a importância de preservar a saúde cardiovascular .

De acordo com a Federação Mundial do Coração, complicações no sistema circulatório e no coração são responsáveis por 10% das mortes em todo o mundo.

Problemas Cardiovasculares

Segundo os médicos, o estilo de vida é um dos principais fatores para o surgimento de problemas cardiovasculares.

O cardiologista moçambicano Albertino Damasceno, do Ministério da Saúde do país, contou à Rádio ONU, em Nova Iorque,  que mesmo com investimentos em equipamentos médicos, é preciso promover hábitos saudáveis.

Capacidade

“Nós temos duas perspectivas. Uma é criarmos bons hospitais e formarmos muitos médicos para tratar os doentes que vem aí. Mas nunca teremos capacidade para isso; aliás, nem os países ricos têm capacidade. O que nós temos é que combater os fatores de risco, uma vez que eles nos dão ainda algum tempo. Isto é, entre o aparecimento dos fatores de risco e da doença decorrem duas a três décadas”, diz.

De acordo com o médico, entre as melhores formas de prevenção estão a  dieta e a prática de exercícios físicos.

Bomba-relógio

“Nós temos que fazer com que as pessoas diminuam o consumo de sal, controlem a pressão arterial, façam exercicio físico regular, comam adequadamente e não bebam em excesso. Nós iremos diminuir de fato esta bomba-relógio que está a aparecer nos próximos tempos”, adverte.

Os problemas cardiovasculares, que incluem tromboses e o enfarte,  estão na lista de doenças crónicas não-transmissíveis. O grupo de doenças merece atenção das atenções das Nações Unidas.

Durante este mês, na Assembleia Geral, a ONU colocou o assunto em debate de alto nível, reunindo representantes de governos de vários países, onde foi pedido esforço global na luta contra o cresecente problema, agravado pelo processo de urbanização.

*Apresentação: Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud