Acusados de violência xenófoba respondem à justiça na Grécia

28 setembro 2011

Acnur destaca primeiro processo de violência xenófoba ligada à série de ataques contra africanos e asiáticos na capital grega.

[caption id="attachment_205591" align="alignleft" width="350" caption="Gregos são acusados de agressão em grupo e de provocar ferimentos graves após terem esfaqueado um afegão candidato de asilo, de 24 anos, a 16 de Setembro"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Ataques contra migrantes levaram, esta terça-feira, três gregos à primeira sessão do julgamento na capital, Atenas.

Em comunicado, o Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, disse tratar-se de um caso criminal raro, tendo salientado o facto de ser o primeiro processo de violência xenófoba ligada à série de ataques contra africanos e asiáticos na capital grega.

Réus

Os suspeitos são  uma mulher, de 44 anos, e dois homens, de 31 e 47 anos. O julgamento foi adiado para 12 de Dezembro.

Eles são acusados de agressão em grupo e de provocar ferimentos graves após terem esfaqueado um afegão candidato de asilo, de 24 anos, a 16 de Setembro. O grupo incorre a uma pena de prisão de três meses a cinco anos.

Em 1999, o primeiro caso do género resultou na condenação de um grego em duas penas de prisão perpétua por alvejar mortalmente nove imigrantes.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud