Tráfico de drogas é a maior ameaça para América Latina, diz Costa Rica
BR

26 setembro 2011

Presidente Laura Chinchilla afirmou na Assembleia Geral da ONU, na semana passada, que “nações com grande número de consumidores” devem assumir responsabilidade para combater o problema.

Victor Boyadjian, da Rádio ONU em Nova York.

A presidente da Costa Rica, Laura Chinchilla Miranda, afirmou que o tráfico de drogas é a maior ameaça ao continente latino-americano.

Ao participar dos debates da Assembléia Geral da ONU, na semana passada, Laura Chinchilla disse que a região centro-americana tornou-se uma vítima do “efeito colateral” do comércio de entorpecentes.

Consequências

Segundo a presidente da Costa Rica, os países com o “maior número de consumidores de drogas devem assumir a responsabilidade pelas consequências do tráfico”.

O tema também foi mencionado no discurso do presidente de El Salvador,  Mauricio Funes.

Ela afirmou que o consumo de drogas nos Estados Unidos é o maior do mundo. O presidente de El Salvador disse que a luta contra o tráfico de drogas e o crime organizado é uma luta de todos. Mas segundo ele, o governo norte-americano deve assumir passos concretos para liderar a batalha.

Os debates anuais da Assembleia Geral serão encerrados nesta semana.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud