Doados US$ 30 milhões para emergência no Corno de África

19 setembro 2011

Concessão, do Banco Mundial, deve permitir acesso dos afectados a programas de nutrição, saúde e saneamento na Somália, Quénia e Etiópia

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Banco Mundial anunciou a concessão de US$ 30 milhões para beneficiar mais de meio milhão de refugiados de acampamentos situados na região ao longo da fronteira entre a Somália, o Quénia e a Etiópia.

O objectivo é garantir o acesso dos afectados, na sua maioria mulheres e crianças, a programas de nutrição, saúde e saneamento. Aliada a outros factores, a seca que assola a região é tida como principal causa mortes, fome generalizada, deslocamentos em massa e perda de meios de sobrevivência.

Resposta

A concessão é parte dos US$ 250 milhões para a emergência no Corno de África, previstos na Janela de Resposta a Crises recentemente estabelecida pela Associação Internacional para o Desenvolvimento, IDA.

O fundo foi criado para apoiar os 80 países mais pobres do planeta na resposta atempada a crises. O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados estará a cargo da sua gestão, no âmbito da emergência no Corno de África e do Projecto de Nutrição e Saúde.

Doenças

De acordo com o Banco Mundial, os recursos, não reembolsáveis, serão usados para expandir o acesso à água potável e serviços de saneamento, além de prevenir e tratar doenças como diarreia, sarampo e malária.

A ONU estima que cerca de 13,3 milhões de pessoas carecem de assistência humanitária imediata na região africana.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud