Guterres celebra festa muçulmana do Eid no Corno de África

30 agosto 2011

Acnur diz tratar-se de gesto de solidariedade para com os deslocados somalis; agência transportou 240 toneladas de alimentos da Arábia Saudita para a Somália.

[caption id="attachment_198516" align="alignleft" width="350" caption="Antonio Guterres "]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Alto Comissário da ONU para Refugiados, António Guterres, vai celebrar a festa muçulmana do Eid il-Fitr no Corno de África, num périplo de três dias em solidariedade para com os deslocados somalis.

Durante o período festivo, que marca o fim do mês islâmico do Ramadan, o Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, anunciou o transporte aéreo de 240 toneladas de auxílio da Arábia Saudita para a Somália.

O pacote de assistência incluiu produtos secos e especiais.

Afectados

De acordo com a ONU, cerca de 3,7 milhões de somalis foram afectados pela crise alimentar que assola a região africana.

Dados do Escritório de Assistência Humanitária da ONU, Ocha, apontam para a subida do número de necessitados no Quénia de 2,4 milhões para 3,75 milhões. O Djibuti apresenta 136 mil vítimas de insegurança alimentar crónica.

Refeições

Os alimentos prontos a consumir incluem sumo de laranja, doces e biscoitos, a serem distribuídos a deslocados internos somalis e aos pobres urbanos em Mogadíscio e na região da Baixa Shabelle. Ambas fazem parte das cinco zonas que em Agosto foram declaradas em situação de fome pela ONU.

O Acnur aponta que a meta continua ser a prestação da ajuda possível, dentro da Somália, para que os afectados pela fome e conflitos não tenham que seguir para os países vizinhos em busca de assistência.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud