ONU congratula-se por amnistia concedida a xeques de Darfur

29 agosto 2011

Cinco líderes comunitários regressaram, esta segunda-feira,  às suas casas depois de se terem refugiado em acampamento da Unamid; Secretário-Geral pede às partes que se abstenham de actos violentos.

[caption id="attachment_203917" align="alignleft" width="350" caption="Grupo estava abrigado no Centro de Policiamento Comunitário da Missão Conjunta da ONU e da União Africana em Darfur, Unamid"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Cinco líderes comunitários, designados xeques, foram amnistiados pelas autoridades da região sudanesa de Darfur.

Os elementos do grupo, que estavam abrigados no Centro de Policiamento Comunitário da Missão Conjunta da ONU e da União Africana na província sudanesa, Unamid, regressaram esta segunda-feira às suas casas.

Violência

De acordo com a Unamid, em Julho do ano passado o grupo procurou refúgio no centro após um surto de violência no acampamento de Kalma, criado para deslocados internos.

Em nota, o Secretário-Geral da ONU saudou a concessão da amnistia para celebrarem a festa islâmica de fim do Ramadão. Ban Ki-Moon pediu igualmente aos líderes comunitários e residentes do campo que se abstenham de todos os actos de violência.

A missão aponta ter recusado vários pedidos de entrega dos cinco líderes às autoridades de Darfur Sul - que os acusavam de alegados crimes -  ao abrigo das suas obrigações, previstas no mandato, de assegurar o respeito aos direitos individuais.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud