Chefe do Pnud na lista de mulheres mais poderosas do mundo
BR

25 agosto 2011

Helen Clark, ex-primeira-ministra da Nova Zelândia, está na posição 50 entre as 100 nomeadas pela revista Forbes.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

A revista Forbes anunciou, nesta quarta-feira, que Helen Clark, chefe do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, é uma das 100  mulheres mais poderosas do mundo.

Clark, ex-primeira-ministra da Nova Zelândia, aparece na posição 50.

Dilma Rousseff

De acordo com a revista, Helen Clark controla um orçamento de US$ 5 bilhões, equivalentes a R$ 7,5 bilhões. O Pnud atua em 176 países em desenvolvimento.

A primeira da lista é a chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel seguida por Hillary Clinton, secretária de Estado americana, e pela presidente Dilma Rousseff, que ocupa a 3ª. posição entre as 100 mulheres mais poderosas do mundo.

A primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, aparece, este ano, em oitavo lugar e a modelo Gisele Bündchen em sexagésimo.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud