Batalha por Trípoli leva OIM a evacuar migrantes na Líbia
BR

22 agosto 2011

Agência cadastrou pelo menos 5 mil estrangeiros que querem deixar o país africano por causa dos confrontos entre simpatizantes e opositores do líder Muammar Kadafi.

[caption id="attachment_203488" align="alignleft" width="350" caption="Evacuação após aumento da violência"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

A Organização Internacional para Migrações, OIM, informou que fretou uma embarcação para retirar migrantes de Trípoli, capital da Líbia.

Segundo a OIM, pelo menos 5 mil pessoas foram cadastradas para a evacuação após o aumento da violência entre opositores e simpatizantes do líder líbio Muammar Kadafi.

Complexo

De acordo com agências de notícias, rebeldes líbios tomaram a maior parte da capital neste domingo travando uma batalha dentro do complexo de Kadafi.

A OIM informou que ainda não sabe quantos migrantes poderá retirar da Líbia após a intensificação dos confrontos. Na manhã desta segunda-feira, um barco com capacidade para apenas 300 pessoas partiu da cidade de Benghazi, considerada o quartel-general dos rebeldes.

A maioria dos migrantes que querem deixar a Líbia vem de Bangladesh, das Filipinas e do Egito. Muitos africanos subsaarianos estariam isolados e sem comunicação com seus consulados.

Tribunal Penal Internacional

Ainda nesta segunda-feira, o Tribunal Penal Internacional, TPI,  informou estar aguardando a confirmação de relatos da mídia sobre a possível prisão do filho de Kadafi, Saif al-Islam. Ele foi indiciado pelo órgão, em junho, ao lado do pai, de um irmão e outros colaboradores do líder líbio.

Segundo agências de notícias, al-Islam teria sido capturado pelos rebeldes durante a chegada à capital do país, neste domingo.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud