Esforços redobrados para proteger Mar Cáspio contra derramamento de petróleo
BR

15 agosto 2011

Regras comuns de avaliação de impacto ambiental devem ser adotadas para proteger o maior lago da terra; decisão foi tomada pelos cinco países transfronteiriços na região do Leste Europeu.

[caption id="attachment_203142" align="alignleft" width="350" caption="Mar Cáspio é o maior lago do planeta "]

Yara Costa, da Rádio ONU em Nova York.

Os cinco países em torno  do Mar Cáspio concordaram em firmar novos compromissos para fortalecer as respostas regionais contra vazamento de petróleo.

Representantes dos governos do Azerbaijão, do Irã, da Rússia, do Cazaquistão e do Turcomenistão estiveram reunidos na Terceira Reunião da Conferência das Partes, da Convenção de Teerã em Aktau, no Cazaquistão.

Convenção de Teerã

Também ficou estabelecida a intenção de melhorar a forma como fontes potenciais de poluição são monitoradas e gerenciadas através das fronteiras nacionais.

O Programa da ONU para o Meio Ambiente, Pnuma, é responsável pela  Convenção de Teerã, um acordo de proteção ambiental juridicamente vinculativo entre os cinco países, criado em 2006.

Poluição por hidrocarbonetos

Para proteger o Mar Cáspio contra a poluição, os cinco países devem adotar o Protocolo sobre Preparação Regional, Resposta e Cooperação no Combate à Poluição por Hidrocarbonetos Incidentes.

Uma vez ratificado pelas partes da Convenção de Teerã, o documento vai introduzir um sistema de resposta de emergência.

Risco de Derramamento

O mar Cáspio tornou-se mais vulnerável ao risco de poluição nas últimas duas décadas. A cada ano, cerca de 10 mil movimentos de transporte de petróleo ou derivados são feitos na região.

Durante a reunião em Aktau, o diretor- executivo do Pnuma, Achim Steiner,  disse que "melhorar o conhecimento sobre os potenciais impactos ambientais é a espinha dorsal da cooperação ambiental internacional e de boas relações inter-estatais".

Biodiversidade Única

O Mar Cáspio é o maior lago do planeta Terra e garante a subsistência de mais de 15 milhões de habitantes.

O lago está isolado dos oceanos há milhares de anos, conservando um ecossistema com biodiversidade única em uma área marinha rica em recursos naturais.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud