Na Coreia, jovens simulam plenária da Assembleia Geral da ONU

Na Coreia, jovens simulam plenária da Assembleia Geral da ONU

Reunidos no terceiro Modelo Global da ONU, participantes provenientes de 60 países foram chamados a fazer a diferença na luta pelos desafios globais.

[caption id="attachment_203038" align="alignleft" width="350" caption="Ban Ki-moon pediu ajuda dos jovens à ONU para cumprir necessidades do mundo"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Líderes juvenis devem fazer a diferença e ser mais activos na luta pelos desafios globais como o combate à pobreza e criação de um planeta mais sustentável, disse esta quinta-feira o Secretário-Geral da ONU.

Num discurso para dezenas de líderes estudantis, no terceiro Modelo Global da ONU, na cidade coreana de Incheon, Ban Ki-moon pediu ajuda dos jovens às Nações Unidas para garantir o cumprimento das necessidades mundiais actuais.

Organizada pelo Departamento de Informação Pública das Nações Unidas DPI, a conferência reuniu centenas de estudantes universitários de mais de 60 países. O objectivo é simular uma plenária da Assembleia Geral e deliberar sobre questões económicas, sociais e políticas até 14 de Agosto.

O evento, com o tema “Desenvolvimento Sustentável: Avançando para o Progresso Humano em Harmonia com a Natureza”, segue-se aos realizados em Genebra e Kuala Lumpur.

Na ocasião, o Sub-Secretário-Geral para Comunicações e Informação Pública, Kiyo Akasaka, considerou a realização “uma oportunidade fundamental" para aprender sobre as complexidades da diplomacia internacional, como como o trabalho envolvido para a resolução dos desafios do mundo real.

Akasaka disse estar confiante de que o  trabalho a ser realizado nos próximos três dias deverá inspirar todos os que se preparam para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio +20, a decorrer no Brasil, em Junho de 2012.