Ban Ki-moon quer engenheiros japoneses no Sudão do Sul

9 agosto 2011

Pedido foi avançado na conclusão da visita do Secretário-Geral ao país asiático; Japão encorajado a aumentar a sua cooperação para as operações de paz da ONU.

[caption id="attachment_202890" align="alignleft" width="350" caption="Ministro Toshimi Kitazawa (esq) e Ban Ki-moon (dir)"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU solicitou ao Japão que envie engenheiros para a nova Missão de Paz no Sudão do Sul, Unmiss.

O pedido de Ban Ki-moon  foi feito, esta terça-feira, na conclusão da sua visita de três dias ao país asiático, durante uma reunião com o ministro da Defesa do Japão, Toshimi Kitazawa.

Força da ONU

A missão foi aprovada pelo Conselho de Segurança no princípio do mês passado, um dia antes da declaração da independência do país, que a 9 de Julho se tornou o mais novo Estado na comunidade internacional. O órgão autorizou o envio de 7 mil soldados e 900 civis .

Em Janeiro, os sudaneses do sul participaram de um referendo que decidiu pela independência do norte do Sudão, num acto previsto no Acordo Abrangente de Paz que, em 2005, marcou o fim do conflito de mais de duas décadas entre o norte e o sul.

Reforço das Capacidades

Ban expressou a sua gratidão ao governo japonês pela “ajuda inestimável” no apoio de missões das Nações Unidas e no reforço da capacidade das forças de paz.

O Secretário-Geral citou especificamente o apoio concedido pelo Japão à Missão da ONU no Haiti e várias outras, tendo encorajado o país a aumentar a sua cooperação com as operações da organização.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud