Ban saúda medidas dos EUA para prevenção de genocídios

9 agosto 2011

Secretário-Geral  considera  promissoras medidas norte-americanas que incluem o estabelecimento de um conselho interagencial para a prevenção de  atrocidades.

[caption id="attachment_202878" align="alignleft" width="350" caption="Ban Ki-moon e Barak Obama em maio deste ano, durante encontro do G8 na França"]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU, em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU saudou o anúncio do reforço da capacidade dos Estados Unidos para ajudar a prevenir genocídios e atrocidades em massa. A medida foi divulgada pelo presidente norte-americano, Barack Obama, a 4 de Agosto.

Em nota, Ban Ki-moon considera  “promissor” o estabelecimento de um conselho interagencial para a prevenção de  atrocidades, medidas para acabar com a impunidade e a revisão das políticas dos EUA.

Medidas Inovadoras

Ban  sublinha que se a responsabilidade de proteger for totalmente operacionalizada, os compromissos dos Estados-membros da ONU devem ser acompanhados por medidas inovadoras e sustentadas a nível nacional.

O princípio da responsabilidade de proteger conhecida por  R2P,  ficou consagrada no Documento Final da Cimeira das Nações Unidas de Setembro de 2005.

Crimes

Vários chefes de Estado e de governo afirmaram que cada nação tem a responsabilidade de proteger as suas populações do genocídio, dos crimes de guerra, da limpeza étnica e dos crimes contra a humanidade.

Ban Ki-moon diz sentir-se encorajado por outras iniciativas importantes, para além das anunciadas pelo líder norte-americano.

O Gana, a Costa Rica e a  Dinamarca integram o grupo de nações que no âmbito do cumprimento da responsabilidade de proteger têm as suas capitais como pontos focais para a prevenção das atrocidades em massa. Por outro lado, a Tanzânia, a Argentina e a Suíça convocaram  uma série de conferências regionais sobre a prevenção de genocídios.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud