Novo ataque em Darfur mata boina-azul da ONU
BR

5 agosto 2011

Vítima foi alvejada num comboio com outras quatro pessoas, que foram levadas para o hospital; este é o quinto soldado de paz morto na região este mês.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

Um boina-azul morreu e outro foi gravemente ferido depois de um ataque a um veículo da Missão Conjunta da ONU e da União Africana, Unamid, nesta sexta-feira, em Darfur.

Cirurgia

De acordo com uma nota da Unamid, as vítimas foram transportadas para um hospital local, onde a maioria dos feridos graves foi operada. Ainda não se sabe quem praticou o atentado.

A Missão enviou uma equipe de investigação para a região que vai trabalhar com a polícia sudanesa.

Segundo a ONU,  o conflito em Darfur entre o governo, milícias locais e grupos rebeldes, desde 2003, já provocou pelo menos 300 mil mortos. Cerca de 2,7 milhões de pessoas da região tiveram que sair de suas casas.

Helicóptero

Nesta terça-feira, forças sudanesas tentaram derrubar um helicóptero que socorria três soldados da ONU gravemente feridos em Abyei, cidade ao sul do Sudão.

Os feridos eram soldados de paz. Eles foram atingidos pela explosão de uma mina. O ataque ao helicóptero resultou na morte desses três soldados por falta de tratamento.

Abyei, rica em recursos naturais, ainda é motivo de desacordo mesmo após a independência do Sudão do Sul, em 9 de julho. O país deixou de pertencer ao Sudão após um referendo apoiado pelas Nações Unidas.

*Apresentação: Luisa Leme, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud