Ação contra sarampo vacinou 1 bilhão de crianças nos últimos 10 anos
BR

5 agosto 2011

Imunização ocorreu em mais de 60 países em desenvolvimento desde 2001, como informou o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef.

[caption id="attachment_202721" align="alignleft" width="350" caption="Em dez anos, a Iniciativa de Combate ao Sarampo vacinou mais de 1 bilhão "]

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Iniciativa de Combate ao Sarampo completou 10 anos de existência com um resultado de mais de 1 bilhão de vacinas contra a doença.

A informação foi dada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef. Somente no mês de maio, 3,5 milhões de crianças foram vacinadas em Moçambique.

Estados Unidos

O programa atua em mais de 60 países em desenvolvimento.

Além do Unicef, a Iniciativa tem o apoio da Cruz Vermelha, da Organização Mundial da Saúde e dos Centros para o Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

O vice-presidente sênior de serviços internacionais da Cruz Vermelha, David Meltzer, disse que quando a operação começou, eles esperavam salvar 7 milhões de vidas. Mas segundo ele, o apoio de todo o mundo superou as expectativas.

Em 1980, antes da vacinação em massa, o sarampo matava 2,6 milhões de pessoas por ano. Após a distribuição das doses, o índice global de mortalidade foi reduzido em cerca de 78%.

Surtos

Mas para a Iniciativa de Combate ao Sarampo, governos e autoridades em todo o mundo não devem descansar.

Nos últimos dois anos, foram registrados surtos em 30 países da África Subsaariana. A República Democrática do Congo e a Etiópia tiveram mais de 320 mil casos.

Para a OMS, a falta de apoio pode levar a pelo menos 500 mil mortes por ano e anular os ganhos da iniciativa até 2013.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud